sábado, 7 de maio de 2011

Uma dica super intelessante, digo, interessante!


Houve um tempo em que as histórias em quadrinhos (HQ´s, também chamadas de "gibis") eram alvo de preconceito por parte de alguns educadores e intelectuais, que rotulavam as HQ´s como bobagens e até mesmo má-influência para a formação das crianças. Basta lembrar do psicólogo norte-americano Frederic Wertham que em 1954, no livro "A sedução dos inocentes" lançou a tese de que os heróis Batman e Robin eram gays, além da Mulher-Maravilha ser lésbica, o que segundo o autor eram exemplos claros de "perversão".

Felizmente tais conceitos negativos ficaram para trás ( o próprio Wertham admitiu, mais tarde, que teria exagerado em suas ideias) e hoje as Histórias em Quadrinhos são utilizadas nas escolas como estímulo à leitura. As HQ´s, além de estimularem a leitura e a curiosidade, possibilitam o trabalho com a chamada leitura de imagens e contextualização - algo fundamental em uma sociedade imagética. Podemos encontrar diversas obras clássicas da literatura brasileira e mundial adaptadas para as versões HQ de forma que estimulem e até mesmo facilitem a leitura dos textos originais.


Para os estudantes de língua inglesa, professores ou mesmo aqueles interessados em praticar o idioma, a editora Panini e os Estúdios Maurício de Sousa lançaram as Histórias da Turma da Mônica em inglês - Monica´s Gang. ( e também em Espanhol: "Mónica y su pandilla")

A Turma da Mônica foi criada por Maurício de Sousa em 1959 e desde então faz parte da história de muitas pessoas com suas personagens infantis como a própria Mônica ( inspirada na filha do cartunista), Cebolinha, Cascão, Magali, Chico Bento, Bidu e tantos outros. Há quem enxergue nas histórias da Mônica traços de bullying e mau comportamento. Ora, estamos falando de personagens em um universo infantil - repleto de traquinagens e situações que remetem, obviamente, à infância; daí o sucesso das personagens. Ainda que sejam identificados tais traços nas HQ´s da Turma da Mônica, o educador tem uma excelente oportunidade para discutir sobre os mesmos em sala de aula.



Voltando à língua inglesa, "Monica´s Gang" traz as histórias da turma com o mesmo modelo que todos nós conhecemos, inclusive o Cebolinha ( Jimmy Five) trocando o "R" pelo "L" e é talvez neste ponto que encontremos alguma dificuldade, pois em inglês o nosso autor dos famosos "planos infalíveis" usa o "W" ao invés do "R". Isso causa uma pequena confusão no princípio, mas há um glossário ao final do gibi trazendo os termos usados pelo Cebolinha ao longo das histolinhas, digo, historinhas.

É uma boa dica e o melhor: além de ser fácil encontrar em qualquer banca, custa apenas R$ 3,90 - não, não estou ganhando nada pelo "merchan"... mas ontem mesmo vi meu contracheque, então não seria nada mal se...rsrs Brincadeira, turma! Ah, e as tiras em inglês da Turma da Mônica também estão disponíveis no site, neste LINK. Have fun, people!